CREF interdita academias no RN e coordenadora destaca importância do profissional - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN
  • ACESSIBILIDADE:
  • Aumentar Fonte
  • Tamanho original
  • Diminuir Fonte
  • Contraste

09.04.2019

CREF interdita academias no RN e coordenadora destaca importância do profissional

No primeiro trimeste de 2019, o Conselho Regional de Educação Física (CREF/RN) autuou e interditou, pelo menos, 18 estabelecimentos onde são oferecidas atividades físicas.

Nesse período, os fiscais visitaram 360 unidades, como academias, escolas, clubes e condomínios, em 45 cidades do Rio Grande do Norte. Do total de unidades, 109 apresentaram algum tipo de irregularidade, entre as quais a falta de profissionais de Educação Física.

Dos 18 estabelecimentos fechados, seis foram autorizados a retomar suas atividades após resolverem a irregularidade; os outros 12 foram fechados definitivamente.    

Sônia Cristina Maia, coordenadora do curso de Educação Física do UNI-RN destaca a importância – e segurança – do profissional de Educação Física em qualquer estabelecimento que ofereça serviços de atividades físicas e desportivas. “O profissional ou o professor de Educação Física tem a competência necessária para cuidar da sua saúde, da sua condição humana e proporcionar qualidade de vida. Ele é imprescindível para se obter os resultados que se deseja, de forma muito bem orientada e sem riscos à saúde”, enfatiza a professora.

Sônia Cristina chama atenção, ainda, para o nível de formação destes profissionais, uma vez que quanto maior o nível de excelência deles, maior será, também, o profissionalismo exercido nestes locais. 

Ela ressalta a importância que é dada, no UNI-RN,  à formação acadêmica desses profissionais. A Instituição obteve, inclusive nota 5 no Enade (Exame Nacional de Desempenho Estudantil) no curso de Educação Física Licenciatura. “Os nossos cursos de Educação Física Bacharelado e Licenciatura são reconhecidos como os melhores do Estado”, salienta.

Para funcionar de forma regular, estas unidades precisam:

Estar registradas no CREF,

Ter autorização de órgãos reguladores como Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros

Dispor, em seu o quadro funcional, de profissionais de Educação Física habilitados para exercer a função de prescrever e acompanhar os exercícios.


SIM, OBRIGADO!